De todas as decorações marcantes que temos na memória, certamente a maioria delas inclui um lustre de vidro que se destaca.

Um elemento clássico que não sai de moda e continua a fazer a diferença no ambiente em formatos cada vez mais modernos.

Por isso, as opções de modelos seguem diferentes linhas para que tenham espaço em todos os estilos de decoração.

Um dos ambientes onde os lustres costumam ficar bem posicionados é a sala de jantar, que ganha mais destaque de acordo com o estilo da peça usada.

Por outro lado, o ambiente ganha mais requinte e sofisticação quando mescla o lustre de vidro com objetos como espelhos, por exemplo.

Sem contar que a sala de jantar fica mais iluminada durante as reuniões em família em volta da mesa. Por isso, atualmente os lustres funcionam como peças fundamentais para diferentes estilos de decoração.

Mas, vale lembrar que existem modelos que combinam mais e outros menos com a sua decoração.

Assim como um lustre de vidro pode tornar a decoração de uma sala mais sofisticada, em outras o resultado não tem o mesmo impacto.

Nesse sentido, além de misturar diferentes estilos no mesmo ambiente, o posicionamento do lustre tem influência no resultado.

Por exemplo, você sabia que uma das formas mais simples de melhorar a decoração inclui um simples ajuste na distância do lustre em relação à mesa? Geralmente, esse posicionamento impacta a visibilidade das pessoas.

Em contrapartida, a lâmpada escolhida para o seu lustre também consegue melhorar ou piorar os elementos decorativos do seu ambiente.

Como você sabe, a Banho Box sempre traz informações importantes que ajudam a tomar melhores decisões com base em aspectos práticos.

Por isso, continue a leitura porque abordaremos aspectos importantes para o lustre de vidro se destacar na sua decoração.

Lustre de vidro e suas características

Primeiramente, devemos esclarecer que lustres são objetos que podem ter formas diferentes, mas a mesma finalidade.

Uma das características principais dos lustres é a sua composição, normalmente feita com peças grandes e sem economizar na quantidade de lâmpadas.

Por outro lado, este objeto se tornou clássico para a decoração a partir de diferentes detalhes de cada peça, seguindo estilos diversos.

Os tipos de lustre mais comuns e com maior procura no mercado são feitos com vidro, metal e até com cristais.

Isso explica porque esse objeto tem tanta importância para deixar um ambiente decorado em estilo mais clássico.

Também podemos lembrar facilmente de outros aspectos que caracterizam os lustres, como os cabos, correntes ou fios que fazem parte da peça.

De um jeito ou de outro, os lustres conseguem valorizar os ambientes e sempre se destacam em todos os tipos de decoração.

Agora, que tal conhecermos mais sobre como usar o lustre de vidro corretamente?

Nesta parte do conteúdo, reunimos as informações mais relevantes para a aplicação deste objeto na sala de jantar da sua casa.

  • Estilos diferentes
  • Formatos variados
  • Espaço disponível
  • Lugar ideal

Estilos diferentes

Não importa se o lustre escolhido tem estilo clássico ou contemporâneo, porque a sala de jantar terá destaque de qualquer forma.

Sem dúvidas, hoje as opções de modelos de lustres atendem os mais variados tipos de decoração, principalmente em salas de jantar.

Isso significa que todos os estilos são atendidos por conta da capacidade criativa de combinar com outros elementos que compõem o ambiente.

Consequentemente, as pessoas ganham liberdade para criar suas próprias combinações. Entretanto, a peça deve manter a mesma proposta decorativa, mas sem a obrigação de ter que combinar com outros elementos, necessariamente.

Por exemplo, um lustre de vidro compõe melhor a decoração quando ela inclui espelhos e outros elementos de vidro.

Porém, se pensarmos bem, este mesmo objeto de vidro também se destacaria em estilos de decoração feitos com madeira.

Formatos variados

Os formatos de lustres disponíveis no mercado atualmente não podem ser enumerados tamanha a sua variedade.

Dentre eles, o lustre de vidro tem maiores chances de combinar com o ambiente, principalmente pelas opções de formato que existem atualmente.

Inclusive, uma das vantagens mais importantes passa pela facilidade que os lustres têm de compor o ambiente em diferentes formatos.

Sem dúvidas, as versões deste objeto feitas com outros materiais precisam contar com outros elementos conectados.

Espaço disponível

Antes de escolher o lustre ideal para sua sala de jantar, avalie o tamanho do espaço.

Ou seja, leve em consideração a proporção do objeto em relação à mesa e ao espaço disponível no cômodo.

O entorno do ambiente tem diferentes características, como amplitude, pé-direito duplo ou triplo, que pedem grandes lustres. 

Em contrapartida, as salas menores ganham requinte com um lustre de vidro menos chamativo, com peças simples e elegantes.

Considerar o espaço de cada ambiente para a chegada de uma peça como essa não se resume apenas à beleza e estética.

Ao nos reunirmos em volta de uma mesa de jantar, a iluminação consegue influenciar todo o ambiente.

Nesse sentido, uma das principais dicas dadas por decoradores mais experientes diz que o lustre deve ficar a uma distância entre 70 e 90 centímetros da mesa.

Assim, a visibilidade entre as pessoas aumenta e a sala de jantar fica mais interativa.

Porém, não devemos levar esta dica como uma regra. Principalmente se considerarmos uma casa onde vivem pessoas de maior ou menor estatura.

Ou seja, moradores altos podem regular o lustre com uma distância maior em relação à mesa, assim como os mais baixos fazem o movimento inverso.

Lugar ideal

Na hora de posicionar o lustre de vidro na sua sala de jantar, lembre-se de que eles ganham ainda mais destaque quando ficam centralizados sobre a mesa.

Mas, o lugar ideal para colocar esta peça varia de acordo com diferentes aspectos da decoração. Por exemplo, no ambiente mais comum, as salas de jantar, a mesa tem papel fundamental na posição do lustre.

Enquanto as mesas em formato de círculo e quadrado pedem a iluminação centralizada, os formatos retangulares funcionam com peças com iluminação mais expansiva.

Como usar lustre de vidro na decoração moderna

De acordo com o que vimos até agora neste artigo, sabemos que os lustres funcionam como elemento decorativo diferenciado que valoriza qualquer ambiente. 

Além de trazer aspectos requintados, elegantes e sofisticados à decoração, esses objetos iluminam o espaço e podem combinar com diferentes estilos.

Assim, entendemos que algumas dicas podem ajudar na hora de decorar a casa e temos muito prazer em dividi-las com você. Confira.

Lustre ou luminária?

A primeira dica mostra como diferenciar estes dois objetos que, em um primeiro momento, parecem a mesma coisa.

Porém, as semelhanças reais entre eles ficam apenas na sua aplicação feita no teto.

Ou seja, os lustres são mais luxuosos e contam com um aspecto brilhante e exuberante.

Por outro lado, as luminárias têm diferentes tamanhos e podem ser feitas para combinar com todos os tipos de ambientes.

Em resumo, as opções variam desde luminárias pequenas e modernas até peças maiores e em estilo rústico.

Como escolher um lustre?

Diante de tantas opções e tipos de lustres disponíveis no mercado, como saber qual deles combina melhor com a sua sala de jantar?

Assim como você pode optar pelos candelabros suspensos, existem opções mais modernas, feitas com cristal.

Porém, escolher o lustre de vidro, de fibra ou de metal, é uma opção de gosto e, claro, adequação ao estilo de decoração de cada ambiente.

Pense no lustre como destaque

Lembre-se de que o lustre merece o destaque em qualquer decoração. Por isso, a peça não deve ser pensada como a principal fonte de iluminação do ambiente.

Justamente porque ele tem a função de complementar a decoração, uma das estrelas de toda a casa.

Busque o equilíbrio da decoração

Você concorda que o excesso de informações e peças grandes podem deixar a decoração da sua casa pesada.

Normalmente os lustres têm tamanhos grandes e chamam a atenção e isso pode causar certo desequilíbrio caso o cômodo não tenha o espaço necessário.

Ou seja, os lustres podem ocupar grandes espaços e, por isso, precisamos nos adaptar muitas vezes. 

Nesse caso, podemos combinar este grande objeto com elementos menores e mais discretos, com cores neutras e peças simples. Assim, o visual da decoração fica mais harmonioso e, principalmente, clean.

Evite lustre de vidro e outros materiais na cozinha

Esta dica se resume apenas a desencorajar pessoas que pensam em aplicar um lustre em um cômodo onde se faz comida regularmente.

Precisamos lembrar que a gordura tem ação implacável com todo tipo de material e, em breve, seu lustre precisará de uma limpeza pesada.

Acessórios para seu lustre de vidro

Percebeu como estes objetos influenciam diretamente a decoração? Viu como eles trazem diferentes possibilidades para o seu ambiente?

Para começar a planejar a sua decoração com outros acessórios fale conosco. Temos a expertise certa para a sua demanda!

https://edsheerantoronto2022.com/

slot777

https://locosxgrilldoral.com/

https://www.foodluckkitchen.com/

https://www.michaelangelospizzabaltimore.com/

https://www.windsorlocksdinerct.com/

https://www.pizzeriaprunedale.com/

https://www.blueagavemexgrill.com/

https://antelopeislandcauseway.com/

slot bet 100

pragmatic play

https://www.taqueriadurangoga.com/

https://www.tacotrucksstl.com/

https://garmafarm.com/

https://www.maddielousbargrill.com/

slot qris

https://dontspeakmusic.com/

https://www.rubiatapas.com/

https://www.tejasgrillandsportsbar.com/

https://www.rensselaerramspopwarner.com/

https://twobrotherspizzaandsubs.com/

slot qris 5rb

https://www.wolftrapoysters.com/

slot server thailand

https://originalpandagarden.com/

https://www.thairestaurantsanantonio.com/