2020 será um ano que ficará marcado na história da humanidade, devido às profundas transformações econômicas e sociais geradas pela pandemia do novo coronavírus. O que está em alta para a decoração 2021 surge a partir de novas demandas e estilo de vida, gerados por essas transformações.

Tendências que já se mostravam fortes, mesmo antes da pandemia, foram aceleradas com o isolamento social e home office.

O isolamento social fez com que as pessoas passassem a realizar todas suas atividades dentro dos ambientes residenciais, desde de lazer até atividades profissionais. Assim, o mercado de decoração, reformas, moveleiro, de arquitetura e design estiveram em alta em 2020 e seguem essa tendência para o ano que se inicia.

Acompanhe o conteúdo, a seguir, e conheça as principais tendências de decoração 2021.

Decoração 2021: um novo mundo!

O conceito de mundo VUCA (volátil, incerto, complexo e ambíguo) tem se tornado cada vez mais presente no dia a dia e a pandemia acelerou esse processo. A decoração 2021 é fortemente influenciada por esse contexto.

A terminologia VUCA foi criada pela escola do exército norteamericano, no final da década de 1990, para promover treinamentos com cenários de grandes incertezas, semelhantes aos de guerra. O mercado mundial incorporou esse conceito a partir da crise econômica de 2008.

A característica de volatilidade está relacionada à rapidez e simultaneidade com que as mudanças ocorrem. A incerteza está relacionada à impossibilidade de prever o futuro com precisão. A complexidade surge com o abandono de visões maniqueístas e da crença em sistemas lineares, sendo necessária alta capacidade de resiliência. A ambiguidade é identificada a partir da valorização do diferente, da inclusão, da diversidade e da criatividade.

15 tendências de decoração 2021

Acompanhe, a seguir, as principais tendências de decoração 2021 que refletem a sociedade VUCA atual.

1. Sustentabilidade:

É insustentável o alto grau de exploração que o ser humano tem imposto ao meio ambiente, sendo necessário repensar as formas de produção e interação social. A pandemia obriga as pessoas a diminuírem o consumo de bens e serviços, identificando com clareza o que não é essencial.

O posicionamento ambiental humano, ao longo dos próximos cinco anos, será decisivo para a sua sobrevivência, inclusive para evitar o surgimento de novas pandemias.

Com a redução da circulação de carros, espécies de aves começaram a reaparecer nos grandes centros urbanos brasileiros e o nível de poluição atmosférica diminuiu.

Ainda é possível reverter muitos danos causados ao meio ambiente. Mas se a alta exploração continuar, chegará um momento em que essa reversão será impossível. Os setores de construção civil, arquitetura e design já estavam atentos ao conceito de sustentabilidade… a grande tendência de decoração 2021 é que os consumidores estão mais exigentes, optando por produtos e serviços que geram menos impacto ao meio ambiente.

Alguns exemplos de tendências sustentáveis: pisos cerâmicos que imitam madeira; chuveiros que limitam o tempo de vazão contínua da água; utilização de energia solar; reutilização da água da chuva.

2. Consumo consciente:

Devido à crise econômica, o consumidor tem sido mais exigente com os produtos e serviços, desejando conhecer a procedência dos insumos, assim como certificações e licenças ambientais. As redes sociais são uma excelente oportunidade para as marcas divulgarem sua missão e propósitos.

Entramos em uma era em que saber se relacionar, com inteligência emocional, é o que torna marcas e pessoas bem-sucedidas. Esse tipo de posicionamento conduzirá as vendas de decoração 2021.

3. Efeito Cocooning (encasulamento):

Termo norte-americano que surgiu na década de 1980, durante a Guerra Fria, para descrever o fato das pessoas evitarem sair de casa durante períodos de crise, passando a realizar todas suas atividades no próprio lar.

Atualmente, com as possibilidades de comunicação tecnológica, o isolamento social tem levado a uma mescla entre a vida pública e privada. Videoconferências de trabalho revelam ambientes residenciais, privados, de seus colaboradores.

Assim, outra forte tendência de decoração 2021 é a continuidade das reformas de ambientes residenciais, com a adequação da imagem a ser transmitida para os vários círculos de convivência social. É importante notar que mesmo com o fim da pandemia, o home office tende a ser adotado por muitas empresas e profissionais liberais.

4. Tecnologia:

O e-commerce e o mobile commerce (m-commerce) cresceram significativamente em 2020 e a tendência de decoração 2021 é que atinja cada vez mais marcas comerciais de arquitetura e design. É importante que as empresas estejam presentes no universo online, oferecendo seus serviços e produtos de forma criativa e assertiva.

A boa experiência do consumidor deve ser o foco de toda empresa que pretende crescer, tanto no contexto de pandemia como no contexto pós pandemia. A tecnologia deve ser utilizada para solucionar demandas como delivery, compras online e o fortalecimento do figital (mistura entre o mundo físico e digital, possibilitando que o cliente compre online e retire o produto na loja física, por exemplo).

5. Casas inteligentes:

Os sistemas de automação estão em alta, para a decoração 2021, evitando que os usuários toquem fisicamente em diversas superfícies. Assim, os aparelhos eletrônicos deixam de ser itens de luxo e passam a ser de necessidade básica.

Cortinas, iluminação, portões, portarias, acionamento de tvs, todos controlados a partir de uma central em smartphones ou tablets. As smart tvs android, que se conectam a aparelhos móveis, seguem sendo objeto de desejo para realização de videoconferências.

6. Esquadrias de alumínio com vidro:

Uma forte tendência de decoração 2021 são construções mais leves, com uso de materiais sustentáveis e que facilitem o uso da iluminação natural. Assim, as paredes tradicionais, de tijolo, dão lugar às esquadrias de alumínio com vidro, tanto para paredes internas quanto externas.

O vidro é um material ecológico, por ser 100% reciclável, e sua transparência permite a integração dos mais variados ambientes, permitindo o acesso visual a belas paisagens externas. O uso de claraboias, lanternins, cúpulas, átrios e sheds está em alta pois permite que as pessoas passem longos períodos dentro de casa, sem perder o contato visual com o mundo externo, melhorando a saúde mental.

7. Espelhos:

Para quem mora em apartamentos pequenos, principalmente durante momentos de isolamento social, o uso de espelhos gera uma sensação de maior amplitude do espaço. Espelhos são bem-vindos para tornar a decoração 2021 mais elegante, sofisticada e única.

As portas de guarda-roupas podem contar com espelho cobre ou bronze, assim como a bancada de aparadores e painéis decorativos. Esteja atento ao que será refletido, sendo interessante duplicar a imagem de plantas e janelas.

8. Conforto e ergonomia:

Reformas e obras que aumentam o conforto do lar são uma forte tendência de decoração 2021. O advento do home office continua exigindo móveis mais ergonômicos para enfrentar longas jornadas de trabalho.

Muitas salas de estar têm sido o principal ambiente voltado para o lazer, com o acompanhamento de séries e filmes, exigindo sofás maiores e mais confortáveis. A tendência multiuso dos ambientes é forte, pois quartos e varandas passam a ser, também, escritório e sala de aula, por exemplo.

9. Segurança sanitária:

Com as medidas de higienização contra o novo coronavírus, é tendência de decoração 2021 espaços próximos à entrada das casas, voltados para acomodar sapatos e roupas de quem chegou da rua.

São sapateiras, prateleiras, estantes e armários arejados, de preferência ainda na área externa, para acomodar o vestuário e também facilitar a higienização com produtos químicos. Cresce o uso de eletrodomésticos para limpeza, como robôs que varrem a casa, extratores de sujeira a vapor e maiores investimentos nas áreas de lavanderia.

10. Estilo decorativo minimalista:

Casas práticas, fáceis de limpar, com cores claras são uma excelente opção de decoração 2021, pois facilitam a higienização do lar. O estilo decorativo escandinavo é um bom exemplo pois proporciona ambientes que estimulam o descanso, a calma e a tranquilidade.

11. Inclusão e diversidade:

Os temas sobre diversidade, inclusão e acessibilidade continuam como tendência de decoração 2021, sendo traduzidos por meio de projetos arquitetônicos mais democráticos, assim como o uso de estampas, texturas e cores baseadas nas mais diversas culturas.

Para vencer períodos de crise é necessário que as pessoas ajam de forma mais humanitária, solidária e coletiva, estimulando a criatividade como forma de encontrar soluções inovadoras para desafios antigos.

12. Casa Verde:

O lar, a casa é o principal local em que as pessoas passam seus dias, evitando atividades na rua. Dessa forma, surgiu um novo olhar sobre o espaço residencial, passando a valorizar situações simples, como ter plantas dentro de casa, e que anteriormente à pandemia passavam despercebidas.

O contato com a natureza gera maior saúde metal, sendo percebido um forte movimento de preferência por casas com área externa, em relação a apartamentos pequenos.

Devido à alta no preço dos alimentos, uma forte tendência de decoração 2021 é o cultivo de vegetais e hortaliças comestíveis, em casa como cebolinha, couve, salsinha, alface, hortelã, tomate-cereja, agrião, manjericão, dentre outros.

Para espaços menores, as hortas verticais são uma excelente opção, podendo ser cultivadas em varandas, cozinhas e salas, dependendo do tipo de presença do sol nesses ambientes. O uso decorativo de flores naturais também está presente na decoração 2021, como forma de alegrar os espaços de vivência e convivência.

13. DIY (do it yourself):

Aprender a fazer os próprios produtos é uma tendência que continua na decoração 2021, muito estimulada pelo fechamento de parte do comércio e pela escassez de produtos industrializados e matéria-prima para diversos setores produtivos.

Fazer o próprio pão; construir um jardim vertical utilizando pallets e pneus; produzir pequenos vasos de planta a partir de copos plásticos (como molde) e cimento. Essas atividades atuam, também, como forma de relaxamento emocional e estímulo à criatividade.

14. Cores Pantone 2021:

A Pantone lançou suas cores para a decoração 2021, a partir da análise comportamental dos consumidores: a ultimate gray (tom de cinza) e a illuminating (tom de amarelo). Essas duas cores foram pensadas como expressão da força e da esperança que os tempos atuais exigem. São cores independentes que simbolizam a diversidade, a inclusão e o coletivo, pois juntas se complementam.

Pantone 17-5104 Ultimate Gray:

O cinza representa o efeito cocooning, como um período de maior recolhimento, introspecção, autocuidado e autoconhecimento. A pandemia tem forçado a sociedade a repensar seus modos de vida, as desigualdades, as formas de subsistência, a busca pelos verdadeiros propósitos de vida.

As pessoas estavam vivendo no automático, muitas vezes em empregos desagradáveis e deixando de desenvolver seus verdadeiros potenciais. A volatilidade dos acontecimentos e a consciência da morte faz com que as pessoas entrem em contato com suas vulnerabilidades e assim passem a identificar suas maiores forças.

Essa cor representa a coragem necessária para sair da zona de conforto e inovar, deixando para trás tudo o que não faz sentido. É a primeira vez que a Pantone escolhe uma tonalidade de cinza como cor do ano.

Pantone 13-0647 Illuminating:

Amarelo cheio de energia solar, lembrando da esperança por dias melhores, mais justos, inclusivos e saudáveis. Remete à cura da COVID-19 e à reconquista da liberdade de ir e vir. Esse tom de amarelo surge para lembrar que em meio ao caos ainda há uma luz que direciona a sociedade rumo a tempos mais prósperos, pois nenhum mal dura para sempre.

15. Cores WGSN (World Global Style Network) 2021:

A decoração 2021 conta com o azul futurístico da WGSN, chamado A.I.Aqua, como a principal cor do ano que se inicia. A WGSN é uma gigante inglesa, com sede em Nova Iorque, que é autoridade em tendências de consumo e design. As outras três cores que compõem a paleta de 2021: vermelho-brasa, cinza-sustentável, amarelo-limão e verde-plácido.

  • Azul-futurístico A.I.Aqua: inspirado na crescente evolução tecnológica, intensificada pela pandemia, representada pelas novas formas de pagamento online, compras por aplicativos com entrega em casa, o crescimento das lives e reuniões online para rever amigos e familiares.
  • Cinza-sustentável: cor neutra que é a base dos ambientes minimalistas (não sobrecarrega os sentidos dos moradores da casa, gerando mais tranquilidade), possibilitando composições harmônicas com as demais cores da paleta.
  • Verde-plácido: representa a reconexão com a natureza, revigorando corpo, mente e alma.
  • Amarelo-limão: remete à saúde mental, à limpeza e ao autocuidado, sendo uma cor jovial e leve.
  • Vermelho-brasa: tem a função de energizar e trazer maior extroversão para que a sociedade possa acreditar e construir um futuro melhor.

E então, o que achou das tendências para 2021? Se for apostar em esquadrias de vidro ou espelhos, já sabe que pode contar com a Banho Box!

https://edsheerantoronto2022.com/

slot777

https://locosxgrilldoral.com/

https://www.foodluckkitchen.com/

https://www.michaelangelospizzabaltimore.com/

https://www.windsorlocksdinerct.com/

https://www.pizzeriaprunedale.com/

https://www.blueagavemexgrill.com/

https://antelopeislandcauseway.com/

slot bet 100

pragmatic play

https://www.taqueriadurangoga.com/

https://www.tacotrucksstl.com/

https://garmafarm.com/

https://www.maddielousbargrill.com/

slot qris

https://dontspeakmusic.com/

https://www.rubiatapas.com/

https://www.tejasgrillandsportsbar.com/

https://www.rensselaerramspopwarner.com/

https://twobrotherspizzaandsubs.com/

slot qris 5rb

https://www.wolftrapoysters.com/

slot server thailand

https://originalpandagarden.com/

https://www.thairestaurantsanantonio.com/