Ter uma varanda em sua residência é um grande diferencial, seja em casa ou apartamento, pois permite maior entrada de luz natural e circulação de ar, além de proporcionar uma vista relaxante, com grande alcance horizontal.

A varanda de vidro está em alta por proporcionar maior integração dos ambientes e remeter ao estilo decorativo modernista.

Você está reformando sua casa? Já pensou em envidraçar sua sacada ou até mesmo investir em cortina de vidro? Conhece os tipos de vidro mais indicados?

Está procurando mais conforto acústico ou pensa em melhorar a segurança de crianças e animais de estimação? Acompanhe o conteúdo, a seguir, e descubra os benefícios de ter uma varanda de vidro em seu imóvel. Vamos lá?

Varanda, Sacada, Terraço: Conheça o conceito desses três termos!

É muito comum que os termos varanda, sacada e terraço sejam utilizados como sinônimos pelo mercado imobiliário, seja para venda ou aluguel de imóveis.

Conhecer o conceito correto desses termos arquitetônicos é necessário para evitar equívocos inclusive para reformar a residência, principalmente quando o proprietário não está acompanhado pro um especialista como arquiteto, designer ou engenheiro.

Veja, a seguir, o que caracteriza cada um desses termos:

Sacada: a característica principal de uma sacada é o fato desse elemento construtivo ser projetado para fora do corpo da edificação, sendo vinculado tanto às áreas íntimas (quartos), quanto às áreas mais sociais (salas, cozinhas).

Casas térreas não apresentam sacadas, pois essa estrutura deve estar acima do nível térreo para assim ser denominada.

Varanda: é utilizada como a extensão de ambientes sociais de uma residência, com área mais ampla quando comparada à sacada e normalmente coberta, sendo uma estrutura mais integrada ao corpo da edificação. Em termos de casa, pode está localizada no andar térreo também!

A varanda é utilizada como um espaço voltado para o aumento da qualidade de vida dos moradores, ligada às atividades de lazer, conforto, descanso, para receber amigos e familiares.

Terraços: são ambientes localizados na cobertura das edificações, ou seja, na área mais elevada de prédios e casas. Geralmente são ambientes não cobertos podendo contar com piscinas, jardins amplos e vistas belíssimas.

Este conteúdo trata das varandas de vidro (guarda-corpo e envidraçamento), mas as informações apresentadas podem ser aplicadas em sacadas e terraços também, por serem estruturas com características próximas.

Reforma da varanda de vidro: Saiba o que deve ser verificado antes de iniciar a obra

Ao reformar a varanda de vidro, do seu apartamento, é necessário ter em mente que o peso do vidro somado ao peso dos móveis pode comprometer seriamente a estrutura do edifício.

Por esse motivo, o primeiro passo é entrar em contato com o síndico e verificar o que a norma do condomínio rege sobre esse assunto.

Além das questões de segurança estrutural, há também a parte estética que deve constar nas normas também, como o tipo de perfil, a cor e o sistema a serem utilizados para o envidraçamento.

Essa padronização é importante para manter a fachada do prédio uniforme e dentro de um estilo arquitetônico específico. Atenção ao escolher um revendedor de vidros autorizado para garantir a qualidade do material e da instalação.

Os vidros podem apresentar espessuras que variam entre 8mm e 10mm (maior resistência às ações das intempéries) e o modelo de envidraçamento pode ser completo (do chão ao teto, em um estilo modernista) ou parcial (apenas o guarda-corpo).

Especialistas recomendam manter um sistema de isolamento da varanda de vidro (como porta de correr, podendo ser também em vidro) tanto para o modelo completo quanto para o parcial.

Varanda de vidro: legislação e tipos de vidro que podem ser aplicados

Dentre as obras residenciais que têm como foco as áreas sociais, a varanda é um dos principais ambientes reformados. O tipo de vidro a ser utilizado é uma dúvida frequente, seja para o guarda-corpo ou envidraçamento completo da área.

O envidraçamento é comum em regiões urbanas, com altos níveis de barulho externo, promovendo o isolamento acústico desejado pelos moradores.

Os tipos de vidro a serem utilizados nas varandas são regulamentados pela norma ABNT NBR 16259/2014 (Sistemas de Envidraçamento de Sacadas).

A análise da carga estrutural ou vertical é um dos principais pontos de estudo dessa norma, com o objetivo de evitar que edificações mais antigas (as quais não foram projetas para suportar o peso extra dos vidros) venham a sofrer danos.

O envidraçamento (fechamento total) da varanda, ou qualquer outra reforma não prevista no projeto original da edificação, deve contar com os seguintes processos: plano de reforma e responsabilidade técnica (análise de impacto e segurança da instalação), atendimento às normas e legislações específicas, atendimento às normas do condomínio.

É obrigatória a emissão de ART (anotação de responsabilidade técnica) do sistema de envidraçamento por um engenheiro civil, de acordo com a lei federal nº 6.496/1977.

A varanda de vidro, de acordo com a NBR 16259/2014, deve utilizar o vidro temperado por apresentar maior segurança de uso e o mercado disponibiliza três opções, apresentada a seguir:

Opções de vidro temperado

Vidro temperado: vidro produzido a partir de choque térmico, sendo submetido a altas temperaturas (650°C a 700ºC) e em seguida passando por um jato de ar frio. Devido a esse procedimento, o vidro temperado é até seis vezes mais resistente a quebra, quando comparado com o vidro comum. Ao quebrar gera pequenos pedaços arredondados, evitando acidentes por corte com pedaços pontiagudos. O vidro temperado também é mais resistente às ações do vento, sendo ideal para varanda de vidro.

Vidro temperado laminado: duas ou mais placas de viro temperado unidas por tela de polivinil butiral (PVB). Ao quebrar, os pequenos pedaços arredondados ficam presos na película, aumentando a segurança dos usuários da varanda de vidro.

Vidro temperado laminado duplo: são duas placas de vidro temperado e laminado, separadas por uma câmara de ar, isolada por silicone. Ideal para os usuários que demandam uma varanda de vidro com isolamento térmico e acústico.

Os vidros também podem apresentar tratamento solar, evitando que móveis e cortinas sejam danificados pelos raios UV (ultravioleta).

Além do vidro incolor, o vidro fumê e verde são muito utilizados em varandas de vidro por produzirem efeitos estéticos diferenciados. O vidro jateado é indicado para quem deseja maior privacidade interna à varanda.

Varanda de vidro: Limpeza e manutenção

Para manter a beleza do envidraçamento, é necessário realizar limpezas frequentes do vidro a partir do uso de uma esponja macia, água e detergente neutro.

Após essa limpeza simples e prática, recomenda-se polir o vidro com uma flanela seca (é importante que o tecido não solte fios), dando acabamento perfeito à limpeza. Em relação aos trilhos e esquadrias de alumínio, um pano úmido e aspirador de pó são suficientes para higienização.

Como precaução, é interessante realizar vistorias anuais, junto a empresas especializadas, do sistema de envidraçamento como forma de manter a segurança dos usuários e reparar possíveis danos causados pelo uso prolongado.

Por falar em segurança, o envidraçamento da varanda é ideal para quem tem crianças e animais de estimação em casa, evitando acidentes.

Varanda de vidro: tipos de abertura e envidraçamento

Varanda de vidro

Fonte imagem: Tua Casa

O envidraçamento da sacada, além de poder oferecer maior conforto térmico e acústico, para as reuniões em família e com os amigos, protege a casa de poeira e fuligem próprias dos grandes centros urbanos. É uma solução prática e elegante para manter a casa organizada, bonita e funcional, além de valorizar o imóvel.

O tipo de abertura (acesso) para varanda de vidro mais comum é com portas de correr, em vidro, e esquadria de alumínio, podendo contar com folhas totalmente móveis ou uma mescla entre móveis e fixas. Para ambientes com mais espaço livre, a porta de abrir é uma boa opção.

Os usuários que demanda abertura total (ou quase) do acesso à varanda de vidro, portas de correr giratórias são ideais pois além do correr no trilho também giram em torno do seu próprio eixo, podendo ser recolhidas próximas à parede.

Em relação ao envidraçamento, o sistema mais consumido, no Brasil, é o europeu por possibilitar a abertura total do espaço, sem comprometer a circulação de ar. A instalação desse sistema é compatível com todos os formatos de varanda de vidro, podendo ser reta, convexa, côncava ou em grau.

O sistema europeu apresenta trilho único, possibilitando que todas as folhas possam ser movidas a um ângulo de 90º (tanto para o envidraçamento completo como para o envidraçamento sobre o guarda-corpo).

Há um pivô central que permite as folhas correm lado a lado, podendo ser recolhidas em uma das laterais do vão. Esse tipos envidraçamento também é chamado de cortina de vidro.

Outros sistemas:

Além do sistema europeu, há os sistemas Stanley e Versatik, para cortina de vidro. No sistema Stanley, uma das folhas é fixa e as demais podem ser reunidas juntamente a que é fixa.

No sistema Versatik, há duas folhas laterais fixas e as demais podem ter sua reunião dividida entre as folhas fixas. É possível utilizar persianas para o controle da luminosidade na varanda de vidro.

Ao reforma sua varanda de vidro, opte por bons fornecedores pois os trilhos da cortina de vidro devem ser instalados com perfeição, permitindo que as roldanas deslizem com eficiência.

A cortina de vidro pode ser automática, proporcionando o recolhimento das folhas a partir de comando por controle remoto, tornando mais prático o uso da varanda de vidro no dia a dia.

Exija a garantia de qualidade das roldanas, para cortina de vidro automática, uma vez que essa qualidade é essencial para o bom desempenho da abertura. Essas roldanas, do sistema automático, evitam o desgaste dos componentes e eliminam possíveis folgas entre as folhas de vidro.

O que impacta o valor de investimento em uma varanda de vidro?

As características específicas de cada projeto, para reforma da varanda de vidro, é o que mais impacta sobre o investimento necessário.

O tipo de abertura da varanda, por exemplo, é um dado importante pois determina o grau de dificuldade para instalação do material. O tipo de envidraçamento mais barato é o com folhas de correr. Em termo de cores, o vidro incolor é o mais em conta.

A área a ser coberta pelo vidro também é um fator de impacto sobre o investimento da reforma e o valor cobrado é, geralmente, a partir de R$500,00 o m².

Leve em consideração que há todo um estudo estrutural, de técnica para aplicação do envidraçamento, transporte específico de material delicado, uso de material de qualidade e mão de obra qualificada. Diante dos benefícios gerados, o envidraçamento é uma excelente opção!

Conheça alguns tipos de varanda de vidro em alta

Veja a seguir, algumas ideias para tornar sua varanda de vidro ainda mais estilosa e personalizada para promover churrascos e momentos inesquecível com quem você ama!

Varanda de vidro Gourmet: é o tipo de varanda voltada totalmente para o lazer, recebimento de amigos e familiares. Comumente, conta com churrasqueira, área molhada (pia), área para refeições e caixas de som embutidas no gesso.

Independentemente de seu tamanho, o importante é ser um ambiente que promove a interação e o relaxamento dos usuários.

Home Office na varanda de vidro: a varanda é um espaço mais criativo e possibilita a utilização da luz natural para realizar os trabalhos profissionais. A vista ampla diminui o stress e a ventilação natural melhora a qualidade de vida.

É interessante também compor o ambiente com uma mini sala de estar, favorecendo os momentos de pausa ao longo do dia. Atenção à iluminação natural, em relação à tela do computador, para evitar ofuscamentos e para isso utilize persianas.

Varanda de vidro para cultivo de temperos e flores: em casas ou apartamentos, a varanda pode ser um ótimo ambiente para integrar o lar à natureza, a partir do cultivo de plantas.

Jardins verticais são inovadores e permitem o plantio de temperos (manjericão, alecrim, tomilho) e plantas decorativas (azaleia e cacto-estrela). Esteja atento às características de sol e vento, da varanda de vidro, para escolher as plantas mais adequadas.

E então, gostou das dicas? Se precisar de alguma ajuda ou um orçamento para sua varanda de vidro, entre em contato com Banho Box!

https://edsheerantoronto2022.com/

slot777

https://locosxgrilldoral.com/

https://www.foodluckkitchen.com/

https://www.michaelangelospizzabaltimore.com/

https://www.windsorlocksdinerct.com/

https://www.pizzeriaprunedale.com/

https://www.blueagavemexgrill.com/

https://antelopeislandcauseway.com/

slot bet 100

pragmatic play

https://www.taqueriadurangoga.com/

https://www.tacotrucksstl.com/

https://garmafarm.com/

https://www.maddielousbargrill.com/

slot qris

https://dontspeakmusic.com/

https://www.rubiatapas.com/

https://www.tejasgrillandsportsbar.com/

https://www.rensselaerramspopwarner.com/

https://twobrotherspizzaandsubs.com/

slot qris 5rb

https://www.wolftrapoysters.com/

slot server thailand

https://originalpandagarden.com/

https://www.thairestaurantsanantonio.com/